Gerando times de alta performance em uma abordagem de transformação organizacional

As empresas buscam melhorar sua produtividade e ter times de alta performance devido à pressão competitiva, às exigências dos clientes, aos avanços tecnológicos, à globalização, à maximização de recursos, à redução de custos e à busca por sustentabilidade e crescimento. Esses pontos refletem a necessidade de se destacar no mercado, atender às demandas dos clientes, aproveitar oportunidades tecnológicas, competir globalmente, otimizar recursos, reduzir custos e impulsionar o crescimento sustentável.

Nesse sentido, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) de Alagoas é uma instituição que vai muito além de ofertar cursos técnicos e profissionalizantes. Em conjunto com empresa Mesha vem desenvolvendo um trabalho de transformação organizacional dentro de uma das suas frentes estratégicas chamada Hub de Soluções Digitais onde tem como objetivo desenvolver softwares e soluções tecnológicas para o mercado local e nacional.

Iniciamos este projeto através de entrevistas com usuários-chave, gestores das áreas e dinâmicas de OKR (Objectives and Key Results), identificando, mapeando, estruturando os desafios, objetivos e ações a serem alcançadas alinhadas a objetivos estratégicos.

Desafio

Após um trabalho de assessment, foi identificado vários desafios, como falta de métricas de produtividade, times mau distribuídos quanto as senioridades, gestão inadequada na entrada de projetos, comunicação deficiente entre o time e a liderança, distanciamento entre liderança, medição de produtividade por horas trabalhadas, falta de gestão de recursos eficiente, processos indefinidos, falta de um plano de desenvolvimento profissional, políticas inadequadas ou ausentes, iniciativas isoladas, falta de práticas de team building, estimativas imprecisas, profissionais ociosos, fluxo de entrega inadequado e falta de clareza nos papéis.

Soluções

  • Dividimos as equipes em squads multidisciplinares e auto-organizadas, com responsabilidades claras e objetivos alinhados aos desafios enfrentados. Cada squad teve uma composição adequada de competências para abordar as diferentes áreas de atuação.
  • Implementamos métricas adequadas para avaliar a produtividade e o desempenho do time. Considerando métricas como entregas realizadas, qualidade do código, satisfação do cliente, entre outras relevantes para o contexto da empresa. Aplicamos boas práticas na estruturação de backlog e escrita de histórias validadas pelo cliente. Utilizando técnicas de estimativa como Cynefin, T-shirt Size e Fibonacci para melhor avaliar o esforço necessário.
  • Promovemos programas de desenvolvimento profissional para elevar a senioridade da equipe. Oferecendo treinamentos, mentorias e oportunidades de crescimento, incentivando a aquisição de novas habilidades técnicas e de liderança. Aplicamos também o PDI (plano de desenvolvimento individual).
  • Para melhor gerir as entradas dos projetos, incluímos uma análise de viabilidade, definição clara de escopo, estimativas precisas e alinhamento entre as expectativas do cliente e as capacidades da equipe.
  • Estabelecemos canais de comunicação eficientes entre o time e a liderança. Promovendo reuniões regulares, como stand-ups diários, retrospectivas e reuniões de acompanhamento, para garantir um fluxo constante de informações e alinhamento de expectativas.
  • Introduzimos metodologias ágeis, como Scrum ou Kanban, para promover a colaboração, o trabalho em equipe e a entrega incremental de valor. Isso ajudou muito a gerenciar o fluxo de entrega e a melhorar a previsibilidade dos projetos.
  • Estabelecimento dos papéis e responsabilidades claras dentro de cada squad. Garantindo que todos os membros da equipe compreendam suas funções e como contribuir para os objetivos comuns. Para isso praticamos dinâmicas com a matriz RACI;
  • Desenvolvemos processos claros e documentados para atividades-chave, como desenvolvimento de software, testes, controle de qualidade, integração contínua e gerenciamento de mudanças. Isso promoverá a consistência, eficiência e qualidade nos projetos.
  • Promovemos atividades de team building para fortalecer a coesão e a colaboração entre os membros do squad. Realizando eventos sociais, treinamentos conjuntos e atividades de integração para promover um ambiente de trabalho saudável e colaborativo.

Resultados alcançados

Principais objetivos alcançados

  •  Melhor visibilidade de todos os projetos;
  • Times mais equilibrados a nível técnico;
  • Métricas mais assertivas;
  • A produtividade ser avaliada pelas entregas feitas e não horas realizadas;
  • Profissionais mais felizes por saberem que agora possui um plano de carreira e que existe pessoas para apoiá-lo;
  • Quantidade de projeto de acordo com a capacidade real;
  • Uma melhor comunicação e aproximação entre todos os envolvidos;
  • Fluxo das entregas coerente com a realidade do time e escopo;
  • Processos documentados e padronizados;
  • Entregas com maiores qualidade, consequentemente diminuindo o retrabalho;
  • Termos times mais entrosados, independentes e altamente organizados;

Além destes resultados podemos mencionar que um dos principais ganhos desta transformação é o sentimento de um contexto organizado, estruturado e pessoas felizes por saberem exatamente seu papel diante do seu contexto e objetivos estratégicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima